SEMINÁRIO DA IMIGRAÇÃO ITALIANA EM MG – INSCRIÇÕES ABERTAS

“Sono aperte le iscrizioni per il 9º seminario.” O evento, em sua 9ª edição, acontece pela primeira vez no Sul de Minas. Alem das pesquisas históricas, propõe um debate sobre formas de desenvolvimento local e sustentável, comuns na Itália, e que podem ser reproduzidas no Brasil. Para falar sobre o assunto, o Seminário contará com a presença de dois convidados italianos, especialistas em agroturismo.

Por causa do crescimento da produção do café, a região do Sul de Minas viu surgir, entre o final do século XIX e o início do século XX, uma explosão migratória vindo da Itália. Milhares de famílias vieram tentar a sorte trabalhando nas fazendas de café do entorno, que compreende também o Oeste paulista. Atraídos pelas oportunidades de trabalho em território mineiro, bem como pela expansão da rede ferroviária na região, muitos italianos se deslocaram de São Paulo para o Sul mineiro. Com o tempo, compraram pequenas porções de terras e se estabeleceram em cidades como Poços de Caldas, Andradas e Ouro Fino.

Por suas características fortemente ligadas às tradições e ao trabalho em família, por seu caráter sustentável e por suas relações com o campo e com a natureza, o agroturismo italiano é um modelo que pode perfeitamente se adequar à realidade local do Sul de Minas; especialmente entre os descendentes que conservam laços históricos com os hábitos e os costumes da Itália. Este será um dos eixos temáticos a serem debatidos durante o Seminário.

Na Itália o agroturismo se desenvolveu a partir da decada de 70 e conta hoje com mais de 23.000 empresas. É uma atividade que envolve o contato com a terra e as tradições familiares; propõe uma seria de atividades diversificadas que vão do turismo à agricultura social, e também atividades didáticas e educativas. Na Itália, se tornou um setor de fundamental importância para a boa sobrevivência dos pequenos produtores rurais e para as famílias que vivem da terra. É uma  agroeconomia sustentável que produz renda e vagas de trabalho num ambiente que valoriza as tradições e a cultura do lugar.

O Seminário da Imigração Italiana em MG é um evento anual que envolve palestras, debates, exposições e trocas de conhecimento sobre a história e a importância da presença italiana no Estado. Busca, também, incentivar intercâmbios culturais e comerciais entre Minas e a Itália, por meio de discussões sobre temáticas atuais e pertinentes acerca do que ocorre lá e aqui.

Para falar sobre o agroturismo na Itália, dois convidados italianos, experts no tema, participarão dos debates durante o Seminário. O primeiro é o romano Carlo Hausmann, doutor em Ciências Agrárias, diretor general da Agro Camera que integra a Câmara de Comércio de Roma. Hausmann é especialista em desenvolvimento rural, produções alimentares típicas e agriturismo. O segundo convidado italiano é o professor Saverio Senni, do Departamento de Ciências Agrárias e Florestais da Universidade de Tuscia, em Viterbo.

Além disso, o evento convida a todos, descendentes de italianos ou não, a participar dos debates e palestras.

Neste ano acontece em no Sul de Minas, mais especificamente no município de Andradas, nos dias 20, 21 e 22 de setembro. Todo o evento é gratuito e aberto para o público em geral. As palestras e mesas são transmitidas ao vivo, podendo ser acompanhadas via Facebook e YouTube, nos canais do Seminário. Mais informações e inscrições no site: www.ponteentreculturas.com.br/seminario2019

O IX Seminário da Imigração Italiana em Minas Gerais é uma realização de: Associação Ponte entre Culturas; Circolo Italiano di Andradas; Prefeitura Municipal de Andradas; Consulado da Itália em Belo Horizonte; Ministério da Cidadania – Governo do Brasil; Lei Federal de Incentivo à Cultura;

Os patrocinadores são: DEVA Veículos; LUIZ TONIN Atacadista e Supermercados; OMR Componentes Automotivos.

O evento conta com o apoio no nosso Portal de notícias Itália em Minas Gerais e com: Revista Comunità Italiana, Rádio Vinícola / Nova FM, Portal da Cidade – Andradas, Andradas Net, TV Andradas.

Apoiam também o Seminário: Conselho Geral dos Italianos no Exterior – CGIE; Comitato degli Italiani all’Estero – COMITES MG; Ente Friulano di Assistenza Emigranti – EFASCE; Câmara de Comércio Italiana de Minas Gerais; Círculo Ítalo Brasileiro de Poços de Caldas; Círculo Ítalo brasileiro de Monte Sion; Circolo Trentino de Ouro Fino; Associação Lucchesi Toscani nel Mondo de Jacutinga; Câmara Municipal de Andradas; Associação Comercial Industrial e Rural de Andradas – ACIRA; SEBRAE MG; EMATER Minas Gerais; Sindivinho MG; Sindicato Rural de Andradas; Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Agricultores Ibitiura, Andradas e Caldas; OSM – Central de Associações de Produtores Orgânicos do Sul de Minas; COOPFAM – Cooperativa dos Agricultores Familiares de Poço Fundo; AGRIFAM – Associação dos Agricultores Orgânicos de Andradas.

 

SEMINARIO DELLA IMMIGRAZIONE ITALIANA NEL MINAS – ISCRIZIONI APERTE

L’evento, alla sua nona edizione, si svolge per la prima volta nel sud del Minas Gerais. Oltre alla ricerca storica, propone un dibattito sulle forme di sviluppo locale e sostenibile, sul modello italiano, che possono essere riprodotte in Brasile. Per parlare dell’argomento, al seminario parteciperanno due ospiti italiani, esperti in agroturismo.

A causa della crescita della produzione di caffè, la regione meridionale del Minas Gerais ha conosciuto un’esplosione migratoria dall’Italia tra la fine del XIX e l’inizio del XX secolo. Migliaia di famiglie sono venute a tentare la fortuna lavorando nelle fattorie di caffè circostanti, che comprende anche la parte occidentale di San Paolo. Attratti dalle opportunità di lavoro nel territorio di Minas Gerais, nonché dall’ampliamento della rete ferroviaria nella regione, altri italiani si sono trasferiti da San Paolo al sud Minas Gerais. Nel tempo acquistarono piccoli appezzamenti di terra e si stabilirono in città come Poços de Caldas, Andradas e Ouro Fino.

Per le sue caratteristiche fortemente legate alle tradizioni e al lavoro familiare, al suo carattere sostenibile e ai suoi rapporti con la campagna e la natura, l’agriturismo italiano è un modello che può adattarsi perfettamente alla realtà locale del sud del Minas; soprattutto tra i discendenti che mantengono legami storici con le abitudini e i costumi dell’Italia. Questo sarà uno degli assi tematici che il seminario metterà al centro del dibattito.

In Italia l’agriturismo si è sviluppato dagli anni ’70 e oggi conta oltre 23.000 aziende. È un’attività che prevede il contatto con la terra e le tradizioni familiari; propone una serie di attività diversificate che vanno dal turismo all’agricoltura sociale, nonché attività didattiche ed educative. In Italia è diventato un settore di fondamentale importanza per la sopravvivenza dei piccoli agricoltori e per le famiglie che vivono sulla terra. È una economia agricola sostenibile che produce reddito e posti di lavoro in un ambiente che valorizza le tradizioni e la cultura del luogo.

Il seminario italiano sull’immigrazione in Minas Gerais è un evento annuale che coinvolge conferenze, dibattiti, mostre e scambi di conoscenze sulla storia e l’importanza della presenza italiana nello stato. Cerca inoltre di incoraggiare gli scambi culturali e commerciali tra Minas e l’Italia, attraverso discussioni su temi attuali e pertinenti.

Per parlare di agriturismo in Italia, parteciperanno al Seminario due conosciuti esperti del settore. Il primo è il romano Carlo Hausmann, PhD in Scienze agrarie, direttore generale della Agro Camera che fa parte della Camera di commercio di Roma. Hausmann è specializzato nello sviluppo rurale, nella produzione di alimenti tipici e nell’agriturismo. Il secondo ospite italiano è il professor Saverio Senni del Dipartimento di Scienze agrarie e forestali dell’Università della Tuscia di Viterbo.

L’evento invita tutti gli interessati a partecipare ai dibattiti e alle conferenze sia personalmente che in diretta streaming via Facebook e YouTube nei canali del Seminario.

L’intero evento è gratuito e aperto al pubblico. Maggiori informazioni e registrazioni sul sito: www.ponteentreculturas.com.br/seminario2019 

Il IX Seminario della Immigrazione Italiana nel Minas Gerais è una realizzazione di: Associação Ponte entre Culturas; Circolo Italiano di Andradas; Prefeitura Municipal de Andradas; Consolato d’Italia in Belo Horizonte; Ministério da Cidadania – Governo do Brasil; Lei Federal de Incentivo à Cultura;

Gli sponsor sono: DEVA Veículos; LUIZ TONIN Atacadista e Supermercados; OMR Componentes Automotivos.

L’evento è appoggiato dal nostro Portale di notizie Itália em Minas Gerais e da: Revista Comunità Italiana, Rádio Vinícola / Nova FM, Portal da Cidade – Andradas, Andradas Net, TV Andradas.

Appoggiano il Seminario anche: Consiglio Generale degli Italiani all’Estero – CGIE; Comitato degli Italiani all’Estero – COMITES MG; Ente Friulano di Assistenza Emigranti – EFASCE; Camera di Commercio Italiana di Minas Gerais; Círculo Ítalo Brasileiro de Poços de Caldas; Círculo Ítalo brasileiro de Monte Sion; Circolo Trentino de Ouro Fino; Associação Lucchesi Toscani nel Mondo de Jacutinga; Câmara Municipal de Andradas; Associação Comercial Industrial e Rural de Andradas – ACIRA; SEBRAE MG; EMATER Minas Gerais; Sindivinho MG; Sindicato Rural de Andradas; Sindicato dos Trabalhadores Rurais e Agricultores Ibitiura, Andradas e Caldas; OSM – Central de Associações de Produtores Orgânicos do Sul de Minas; COOPFAM – Cooperativa dos Agricultores Familiares de Poço Fundo; AGRIFAM – Associação dos Agricultores Orgânicos de Andradas.


NOSSOS PATROCINADORES

0 Comments

Leave a Comment

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password