CORONAVÍRUS: ADIADO O REFERENDO SOBRE REDUÇÃO NÚMERO DOS PARLAMENTARES

Referendum rinviato a causa del Coronavirus. A decisão foi tomada pelo Conselho de Ministros, reunido hoje para aprovar um novo decreto necessário para lidar com a emergência.

Tudo a ser refeito, portanto, na votação prevista para 29 de março, data em que os italianos – na Itália e no exterior – foram convocados para aprovar ou não a reforma constitucional que reduz o número de eleitos de 945 para 600 (400 deputados, no lugar dos atuais 630; 200 senadores em vez dos atuais 315).

Um corte que afeta os representantes eleitos no exterior, que de 18 se tornariam 12; sendo 8 na Câmara (em vez dos atuais 12) e 4 no Senado (em vez dos atuais 6).

Dada a proximidade da votação no exterior, as operações já haviam começado em algumas sedes consulares e diplomáticas, como as da Argentina, que já começaram a enviar o envelopes com as cédulas eleitorais. Mas agora todo o processo será adiado. A data, declarou hoje o primeiro-ministro Giuseppe Conte, ainda não está definida. (fonte Aise)

CORONAVIRUS: RINVIATO IL REFERENDUM

A deciderlo è stato il Consiglio dei Ministri. Con il voto, em programma per 29 marzo, gli italiani erano chiamati a decidere sulla riforma costituzionale che taglia il numero degli eletti da 945 a 600 (400 deputati, al posto degli attuali 630; 200 senatori invece degli attuali 315). 

Un taglio che diminuisce sensibilmente gli eletti all’estero che da 18 diventerebbero 12; di cui 8 alla Camera (invece degli attuali 12) e 4 in Senato (invece degli attuali 6). 

Visti i tempi del voto all’estero le operazioni erano già iniziate con alcune sedi diplomatico-consolari, come ad esempio quelle in Argentina, che avevano avviato l’invio dei plichi. Ma ora è tutto rimandato. Ma una data ancora non c’è, ha affermato oggi il premier Giuseppe Conte. (fonte aise) 


OS PATROCINADORES DO PORTAL ITÁLIA EM MINAS GERAIS

Login

Welcome! Login in to your account

Remember me Lost your password?

Lost Password